Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

As tecnologias mais usadas na cultura da cana-de-açúcar

O Brasil é líder no ranking de produção da cana-de-açúcar do mundo no que diz respeito ao ramo sucroenergético.

Entre 2018 e 2019, mais de 600 milhões de toneladas de colmos foram colhidos no Brasil, batendo o seu próprio recorde de produção.

E o objetivo é que esse resultado seja ainda maior com o uso de fertilizantes apropriados, em conjunto com estratégias associadas à tecnologia, na cultura da cana-de-açúcar, podendo proporcionar resultados ainda mais significativos dessa produção no Brasil.

Dessa forma, o manejo e manutenção da plantação com o uso de fertilizantes e a inclusão de processos tecnológicos, já estão sendo inclusos nas lavouras de cana-de-açúcar com resultados extremamente benéficos aos seus cultivadores.

E é por este motivo que hoje iremos apresentar as principais tecnologias já utilizadas nas lavouras de cana-de-açúcar que estão contribuindo de forma positiva para o desenvolvimento das plantações e trazendo um resultado extremamente rentável para os produtores.

Portanto, se você deseja alavancar o plantio com as tecnologias mais utilizadas por empresas que já alavancaram o seu negócio, você está no lugar certo!

Continue a leitura e saiba mais!

Mapa de Colheita da cana-de-açúcar

Na nossa lista de tecnologias na cultura da cana-de-açúcar, temos o mapa de colheita ou mapa de proatividade.

Utilizam-se estes mapas de produtividades nas tecnologias voltadas para o setor sucroenergético.

Em 2004, antes mesmo da popularização dos monitores de colheita, tínhamos uma realidade em que a maioria das lavouras de cana-de-açúcar eram realizadas através de métodos manuais. até que se criou, com o objetivo de otimizar todo o ciclo da plantação, os mapas de produtividade, ou seja, os mapas de colheita.

Resumidamente, este mapa quantificava-se a quantidade de garradas que a carregadora mecânica precisaria para recolher o que foi produzido por cada ponto do talhão, realizando a retirada dos colmos da cana-de-açúcar.

Assim, esses monitores de colheita são compostos por sensores óticos, que estão interligados as colhedoras, que são capazes de realizar a diferenciação e a qualificação do que é impureza e do que é cana-de-açúcar.

Hoje em dia a realidade mudou, e a utilização da colheita mecanizada cresceu drasticamente tomando o espaço do que antes eram as colheitas manuais.

Drones

Se você deseja modernizar o seu negócio e usufruir do melhor que isso pode oferecer, com certeza a inclusão de um drone é uma ótima opção para a sua lavoura.

Dessa forma, a realidade é que os drones tem ganhado espaço em várias áreas do mercado. E na agricultura essa tecnologia chegou e chegou para ficar.

No que diz respeito a utilização de drones na agricultura, mais especificamente na lavoura de cana-de-açúcar, usam-se os drones para diversas finalidades.

OS drones são objetos essenciais se você deseja mais precisão nas atividades de:

Monitoramento da biomassa;
Identificação de ervas daninhas;
Aplicabilidade localizada dos defensivos necessários;
Monitoramento e coleta de imagens de falhas do plantio;
Remissão de linhas de colheita;

Dessa forma, você encontra programas de identificação oferecendo processamento de imagens com qualidade, que ajudam na geração de arquivos de aplicação para inclusão no maquinário.

Além de todos esses benefícios que a utilização de um drone proporciona para o agronegócio, temos também o drone de pulverização.

Assim, o mesmo também tem se destacado no que diz respeito a aplicação de herbicidas. Ele atua para fins e aplicação de insumos em locais específicos com o objetivo de combater ervas daninhas.

Plataformas de Monitoramento de Plantio da cana-de-açúcar

Sabemos que em todo plantio há desafios a serem superados, e no cultivo da cana-de-açúcar não seria diferente.

No momento do plantio da cana-de-açúcar, o maior desafio encontrado é no que diz respeito a danificação das gemas, seja de forma mecanizada ou manual.

Mesmo que os toletes da cana-de-açúcar fossem cultivados de forma manual, já era necessário uma quantidade maior de mudas, considerando as falhas que ocorrem.

Mas afinal, você sabe o que é falha de plantio?

A visualização de espaços vazios entre o plantio, consideram-se falhas de plantio. Esses espaços geralmente são menores que 50cm.

Mesmo não havendo um consenso sobre a viabilidade de realizar o replantio nos espaços de falha, é possível utilizar de programas tecnológicos específicos. Eles realizam a tomada de decisão mais ideal sobre o que se fazer nos casos de falhas de plantio.

Através de programas tecnológicos, será possível realizar o monitoramento e identificação através de processamentos das imagens dos drones.

Então se você deseja evitar desperdício na hora de realizar o plantio, utilize desta tecnologia e veja o quão benéfico pode ser para seu cultivo.

Pulverizadores Inteligentes

Sabemos que utilizam-se muito mais equipamentos que realizam a pulverização dentro da cultura do plantio da cana-de-açúcar.

E com o avanço da tecnologia, agora é possível adquirir pulverizadores que contenham sensores de localização para um trabalho mais efetivo, produtivo e rentável.

Esses sensores atuam com o objetivo de alcançarem aquelas plantas que ainda estão com a clorofila ativa, ou seja, que ainda estão vivas.

Mas vale ressaltar que, estes sensores contidos nos pulverizadores não conseguem diferenciar o que são ervas daninhas e o que de fato são plantas do cultivo da cana-de-açúcar.

Dessa forma, exigem mais cuidado para que não causem fitotoxidade entre as plantas de cana.

Os famosos pulverizadores de arrasto, são ferramentas utilizadas fortemente para a realização do controle dessas ervas daninhas na cultura da cana-de-açúcar, afim de evitar a confusão dos sensores na hora de sua utilização.

Além também e serem excelentes para a aplicação e captação de produtos na cultura da cana-de-açúcar.

A tecnologia dos sensores permite que ocorra um maior controle dessas ervas daninhas afim de assegurar melhores resultados de produção da cultura da cana-de-açúcar.

Além da utilização dos sensores em pulverizadores inteligentes, é possível adiciona-los a tratores, quadriciclos, etc, ou seja, no que melhor lhe atender.

Representantes nacionais vencem grande parte desses sensores tecnológicos por, em sua maioria, serem ferramentas tecnológicas importadas.

O seu preço é variado, tendo seu valor alinhado com equipamento, ou seja, se for um equipamento por linha, será um valor, se for um equipamento completo já com os sensores, mangueiras e bicos instalados, será outro valor.

Conclui-se assim, o quão benéfico pode ser a utilização de sensores tecnológicos nos mais diversos equipamentos para um melhor desempenho e produtividade da sua plantação.

Conclusão

Sabemos que o Brasil é um dos maiores produtores no setor de cana-de açúcar do mundo, e isso acontece por vários motivos, e um dos maiores impulsionadores de tornar o Brasil um excelente produtor, é a utilização da tecnologia em seu cultivo.

Vimos o quão grande pode ser o retorno produtivo e econômico de uma plantação quando inserimos meios tecnológicos para a alavancar um plantio, gerando ainda mais valor ao seu negócio.

Dessa forma, neste texto, apresentamos todos os benefícios de incluir a tecnologia para dar um passo a frente no que diz respeito a cultura da cana-de-açúcar.

Como também, apresentamos as principais ferramentas já introduzidas por produtores que já estão obtendo retorno, como por exemplo, a utilização de drones, mapas de colheita, pulverizadores sensoriais e plataformas de monitoramento de plantio.

Então se você deseja uma maior sustentabilidade e produtividade, mais eficiência na produção, maiores retornos financeiros, maior otimização de processos de cultivo e a eliminação considerável de desperdícios, inclua já uma dessas tecnologias e tire a prova você mesmo de todos os benéficos.

Gostou desse texto? Acompenhe nossas redes sociais para não perder mais atualizações como essa. Toda semana um novo texto para te ajudar nessa cultura do agronegócio!

Até mais!

Fale conosco!